Não sei você, mas eu simplesmente não existo
Me desculpe, você, quando o digo, mas de fato EU não existo
talvez pelo excesso de coletividade
ou pela falta de individualismo.

perdoe meu pudismo mas você não está preparado/a para metade do que sou capaz de dizer



Vaidades vaidades! por 'deus'! [?] tudo é vaidade!
um velho calvo já disse que a vontade não é princípio ativo do começo de uma ação, mas sim a própria re-ação, vontade criadora/ vontade aniquiladora.

3 comentários:

guga disse...

Hey ya senhorita mae de uns 500 filhos e todos estranhos....como vc tem paciencia pra ler blog neh... eu vi q dos q vc le..o do paladino eh o mais ... hmm...extenso....haja saco hein.... q menina iluminada (igual da profecia).....enfim..nao sou anonimo nao... vc q eh...eu sou guga mesmo...de gustavo....e tamo ae.... seus comentarios me divertem...belo blog...vou passar aqui masi vezes... bjo

mimimimi disse...

behh

mehhh

blehh

eu existo.

as vezes.

ou não.

guga disse...

nuss eu tenho uma foto do meu olho igual a essa... meu mail. guga.gaidzak@hotmail.com

manda email ou add no msn... o q for melhor pra vc... bj