[ satã with Vilão ]

Um caminho segue em frente
ente em frente, ante sente
sente a mente dormente do demente
sente crente que tem mente
vê o vidente à sua frente
qualquer coisa que atormente
e não apenas o caminho
sente e mente, o vidente.
crê realmente em tudo que o sustente
frente ao olhos do vidente
somente sente o presente
E um presente ausente
é o que sente a gente
quando cansada, a mente
já nem pensa no caminho
pense antes no ausente
de sua falta atraente
de seu carater indulgente
de sua boca tão fremente.
lembre antes o indulgente
sua lingua velozmente
tece rastros tão carentes
cria um rio tão deliquente
eloquente que é o presente
e o presente
que te traz quente
o olhar na mente
de quem está ausente
logo pára, de repente
com uma dor tão doente
que quase que tão somente
só quem pode a sente
sente e mente
mente tão verdadeiramente
que outrora soube que mente
mente covardemente
uma verdade, a verdade do Indulgente.
Esse mesmo, indigente
caminha tão lentamente
doendo-se internamente
um caminho que segue em frente
colhendo flores, nem sente
que toda aquela gente
que lhe mora na mente
já grita ao fim do vivente
que se morre eternamente
sorrateiramente
copiciosamente
a tristemente quente vida do indigente que sente, mente, vibra ... ente.
e um ser onisciente
que em tudo esta presente
pode dizer, finalmente
e aqui se acaba mais um caminho

Satã says:
caminho nao-eternamente .

3 comentários:

Mushi disse...

a imagem ficou linda *.*


ficou bom, mas eu ainda não chamo de um Fractal...

Opium eater # disse...

nem eu :/

mimimimi disse...

vcs andam inspirados msm hein??

"sua lingua velozmente
tece rastros tão carentes"

massa
veryyy massa

x)